A Brincar Aprendo Matemática


Sala dos 3 anos - Ensino Pré-escolar

A brincar aprendo matemática

 

A matemática está presente na vida da criança desde muito cedo.

Através de atividades lúdicas e prazerosas ela desenvolve conceitos matemáticos ao comparar, organizar, ordenar e seriar os seus próprios brinquedos, entrando assim de forma espontânea e natural, em atividade lógico-matemática.

Em contexto escolar, a criança manifesta desde logo muito interesse pelo saber, pela exploração e pela experimentação.

Ao proporcionar-lhe atividades lúdicas e pedagógicas, a escola desenvolve as suas capacidades físicas, emocionais, cognitivas e uma maior interação com o mundo que a rodeia.

Desenvolvimento do projeto:

O projeto surgiu do conhecimento e da consciência de que a criança, estando em formação, necessita de desenvolver competências lógico-matemáticas, estruturar o seu pensamento de forma a adquirir valências na sua vida do dia a dia e nas aprendizagens futuras.

Assim, ao longo do ano letivo, foi proporcionado às crianças vivenciar situações que lhes permitiram explorar, manipular e observar características e propriedades dos mais variados materiais, de modo a desenvolver capacidades para resolver problemas, desenvolver raciocínio lógico e confrontar com os seus pares experiências e ideias matemáticas.

100_1461_Site 100_1955_Site 100_1958_site 100_2002_site 100_0837_Site 100_0843_Site IMG_20170531_154720_site

Recursos

Para trabalhar os conceitos matemáticos recorreu-se a materiais manipuláveis que permitiram uma abordagem mais viva e intensa, com a preocupação de que as ideias abstratas tivessem mais significado/tradução através de experiências com objetos reais e manipuláveis.

Assim, recorreu-se a materiais estruturados e materiais não estruturados, ambos facilitadores das aprendizagens e da compreensão dos conceitos matemáticos.

Material não estruturado

No Colégio, existe material diverso que, não estando identificado para trabalhar conceitos matemáticos, está à disposição da criança para, na sala de aula, o usar no seu dia a dia com imaginação e criatividade.

A educadora utilizou, no decorrer do ano letivo, para explorar os conceitos matemáticos, material lúdico da sala de aula e criou o seu próprio material recorrendo a objetos práticos com valências interessantes para exploração dos conceitos.

100_0950_site1 100_1446_site 100_1841_site 100_1848_site 100_1939_site 100_1945_site 100_1946_site 100_1950_site IMG_20161020_131939_site

Material Estruturado

A utilização de material clássico e intemporal, criado por pedagogos para o ensino da matemática, que apresentam conceções matemáticas já determinadas enriqueceu muitas das abordagens realizadas.

Estes materiais manipuláveis, de caráter estruturado para o ensino da matemática, compreendem dois tipos de abordagens:

Primeira fase – manipulação e conhecimento físico do material. Os alunos manipularam e experimentaram livremente, desenvolvendo a atenção, imaginação, criatividade e a motricidade fina através das suas construções espaciais.

Segunda fase – fase da sistematização dos conceitos matemáticos segundo as orientações e sugestões de abordagem, implícitos no próprio material.

 

Utilização de blocos lógicos

As crianças desenvolveram o raciocínio e organizaram o pensamento assimilando os conceitos básicos em quatro especialidades:

Forma, cor, tamanho, espessura.

100_1408_site 100_1409_site 100_1410_site 100_1413_site 100_2007_site 100_2009_site 100_2010_site 100_2015_site

Utilização de calculadores multibásicos

Este material permitiu desenvolver a capacidade de resolução de problemas lógicos, associação e comparação, contagem e quantidades, ordenação e orientação espacial.

100_1153_site 100_1156_site 100_1157_site 100_1161_site

 

Cuisenaire

Material adequado e utilizado, no decorrer do ano letivo, para aquisição progressiva das competências numéricas. Permitiram as primeiras abordagens à noção de número, quantidades e medidas. Possibilitaram efetuar pequenos cálculos mentais, resolvendo situações problemáticas.

100_1591_site 100_1592_site 100_1593_site 100_1596_site 100_1597_site 100_1598_site

 

‘’ A verdade matemática deve saltar dos dedos dos alunos através de múltiplas e variadas experiências’’

Prof. Nabais (1986)